segunda-feira, 28 de julho de 2014

CONVERSAS PRIVADAS EM NEVERLAND COM MICHAEL JACKSON (22)


Michael e a morte de minha mãe


''O dia em que minha mãe faleceu eu estava em Neverland com o Michael. Ela estava se sentindo mal por cerca de três meses e eu tinha dito a Michael ocasionalmente. 

Ele sempre me lembrava a importância de estar rodeado por música clássica. Eu disse a ele que eu tinha tomado este cuidado, embora era algo sobre o qual ela sempre tinha insistido muito.

Quando recebi o telefonema de minha irmã Pam que a nossa mãe parecia prestes a morrer, eu disse a Michael o que estava acontecendo e que eu teria que ir.

Ele me perguntou: "Está tudo bem se eu for com você para vê-la, Barney?"

Eu disse que sim. Michael entrou no meu carro e fomos para a casa da minha mãe. Manuel nos seguiu com Prince e Paris no Navigator.

Cerca de dez minutos antes de chegar à casa, minha mãe tinha falecido. Nós a tínhamos em uma cama hospitalar na sala de estar ao lado da lareira, onde faleceu. Michael seguiu-me até lá, olhou para Pam a quem tinha visto uma vez antes e lhe deu as condolências.

"Eu acho que seria bom orar com ela, lhes parece bem?", ele perguntou olhando para Pam.

Ela disse: "Eu concordo."

Michael segurou a mão direita da minha mãe e eu peguei a esquerda, com Pam e Manuel entre nós. Prince e Paris estavam a brincar em outra sala. Oramos uma breve oração pedindo a Deus que recebesse a minha mãe em Seus braços e todos disseram amém.

Depois da oração, Michael virou-se para a minha irmã e perguntou: "Foi uma boa mãe para você, Pam?"

Ele acertou em cheio e Pam não pôde responder. Ela apenas olhou para ele com lágrimas nos olhos, como se dissesse silenciosamente "não".

Sabem... minha mãe tinha sido dura com minha irmã. Ela era a maior dos quatro irmãos e a tinha deixado sob os nossos cuidados, enquanto ela passava a maior parte do tempo na cama com dores de cabeça. Como resultado, ela não tinha boas lembranças de sua infância ou sobre a sua relação com nossa mãe. Mas eu, não tendo estado na mesma posição que a minha irmã, não tinha nada mais do que boas lembranças.

Michael se aproximou de minha irmã, colocou os braços à sua volta e gentilmente disse: "Sinto muito", segurando-a enquanto ela chorava.''


VOLTAR PARA:

3 comentários:

  1. Nada como ter um amigo de verdade nos momentos mais difíceis de nossa vida.

    Boa noite, anjo de luz do Michael! ゚*:;;:*゚✿゚ฺ*:;;:*゚✿ฺ

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ✿゚ฺ*:;;:*゚✿ฺ Boa noite angel de luz do Michael! ✿゚ฺ*:;;:*゚✿ฺ

      Michael tinha tantas qualidades e que sempre se mostraram verdadeiras. Um verdadeiro amigo de todas as horas.
      ✿゚ฺ*:;;:*゚✿ฺ✿゚ฺ*:;;:*゚✿ฺ

      Excluir
  2. ゚・。.。・゚゚・。.。・゚゚・。 ゚Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ ゚・。.。・゚゚・。.。・゚゚・。 ゚

    ResponderExcluir