segunda-feira, 14 de julho de 2014

CONVERSAS PRIVADAS EM NEVERLAND COM MICHAEL JACKSON (10)


''Doces ou travessuras'' com Michael e as crianças 

''Um ano, Michael, Prince e Paris chegaram à [minha] casa no Halloween para brincar de ''doces ou travessuras'' com a gente. Prince e Paris usavam disfarces para não ser reconhecidos.

Michael usava chapéu e máscara cirúrgica, camisa do Homem-Aranha, um estetoscópio em volta do pescoço, sapatos do Homem-Aranha e parecia bastante reconhecível sob o disfarce. No entanto ninguém parou para pedir um autógrafo ou falar com ele por toda a noite.


Eu acho que de alguma forma ele gostava de ser reconhecido mas ao mesmo tempo [gostava] de andar livremente como qualquer outro. Digo isso porque eu tinha dito a Michael que viesse depois que anoitecesse e no carro azul e estacionasse na minha vaga do estacionamento.

Bem, pois ele veio após o anoitecer mas com a maior limusine branca que eu já vi. Ele tentou estacionar no parque de estacionamento, mas não se encaixava e o motorista teve que deixar [a limusine] na rua e com grande trabalho, também.

Prince e Paris entraram em casa com minha esposa e filhos e eu entrei na limusine com Michael. Eu disse: "Esperava que você viesse no carro azul."

Ele riu: "Oh! Eu pensei que você disse para vir com a limusine branca" e riu de novo.

Eu perguntei: "Como você espera para passar despercebido nesta coisa?"

As crianças já estavam batendo nas janelas e tentando ver o interior.

Ele disse: "Eu tenho um plano."

Ele abriu as portas da limusine e permitiu que algumas crianças entrassem. Naquele momento não usava máscara e estetoscópio, mas uma jaqueta preta com escudo dourado no bolso de sua camisa de Homem-Aranha.

Várias crianças lhe perguntaram se ele era Michael Jackson, ao que ele respondeu:

"Não, eu apenas me disfarço como se fosse ele no Halloween."

As crianças pareceram satisfeitas com a resposta e um deles disse: "Uau! É um grande disfarce!''

Algumas crianças perguntaram pela limusine e sobre como ela era legal.

Michael disse: "Quer ver o que ela faz?"

Sem esperar resposta ele disse:

"Olhem isso, fechem as portas!"

Ele apertou alguns botões e sistema de som começou a tocar com força total e apertou mais alguns botões e tudo ficou cheio de nevoeiro.

Depois colocou a música ainda mais alta e acendeu uma luz que sincronizava com ela. Era como uma discoteca.

Michael perguntou várias vezes se eles gostaram e eu acho que essa foi a razão para esta limusine em particular. Tinha outras quatro as quais ele poderia ter levado mas nenhuma delas fazia igual a esta.

Michael e eu saímos mais tarde e fomos para casa a fim de colocar o disfarce. Estava tão animado quanto Prince e Paris para sair para ir e pedir ''doces ou travessuras''.

Minha esposa teve que detê-lo várias vezes para que ele não se fosse antes de arrumar bem a camisa, o colarinho e os sapatos para que não se arrastassem. Lhe ajudou com a máscara e o chapéu para tornar-lhe menos reconhecível. Depois lhe perguntou: "Então, quem é você?"

"Sou o Homem-Aranha... com algum acréscimo'', respondeu enquanto tocava o estetoscópio.

Saímos para fazer ''doces ou travessuras'' por Ballard. As pessoas que reconheceram Michael o deixaram em paz. No dia seguinte me disseram que me viram caminhando com ele.

Como Michael não gostava que fossem tiradas fotografias no rancho e as câmeras não eram permitidas lá, a única foto que eu tenho com ele é uma a qual ele me deu. Eu sempre respeitei as regras e eu não tirei nenhuma, mesmo em minha casa.

No entanto há um vídeo de mim e Michael fazendo ''doces ou travessuras'' sem que a pessoa em causa soubesse. Um vizinho meu estava filmando a todos com a câmera quando chegavam à sua porta.

As crianças estavam â frente pedindo doces e Michael e eu estávamos conversando. De repente, eu disse às crianças: "Câmera!''

Rapidamente puxei as crianças para fora de alcance, quase caindo na intenção [de quem filmava]. Acho que tudo foi gravado mas nunca pedi aos vizinhos que me mostrassem o que tinham gravado.''

Fonte e tradução: Rosane - blog Cartas Para Michael

VOLTAR PARA:

Nenhum comentário:

Postar um comentário