domingo, 3 de fevereiro de 2013

LIVRO MY FAMILY, THE JACKSON'S - CAPÍTULO 19 (BY KATHERINE JACKSON)


''Janet mostrou ao mundo em 1989 que ela não era apenas um bom cantora e compositora, mas também uma grande intérprete. Mas na medida de sua preocupação, ela ainda não atingiu o topo de sua montanha aos 24. Ela sonha em atuar um dia em uma peça da Broadway, bem como em um filme musical.

Ela não é a única dos meus filhos interessados ​​em cinema. Jermaine, que participou de aulas no American Film Institute, quer dirigir e produzir. Ele está produzindo um papel na minissérie da ABC sobre a família, que está atualmente em produção.

Marlon também quer produzir. "Eu quero mostrar que os negros podem fazer grandes filmes na linha de Laços de Ternura e Fora da África", ele diz.

Uma dúzia de anos depois dele ter estrelado The Wiz, Michael continua muito interessado nos filmes, também. Entre os muitos projetos que ele tem considerado nos últimos anos foi o papel de protagonista na versão de Steven Spielberg para Peter Pan.

Lembro-me do seu interesse no projeto cada vez que eu olho para as coleções de bonecos e brinquedos de Michael em casa e ao ver o boneco do Peter Pan que foi feito para ele. O boneco é negro e tem um penteado ao estilo Michael Jackson.

Mas apesar de Michael se identificar com Peter Pan e as crianças perdidas em um mundo de fantasia e magia, ele decidiu no final não prosseguir com o projeto. Foi uma questão de imagem.

Em 1983 ele havia adotado uma posição mais dura, uma persona mais pública. Uma das prioridades de Michael está em encontrar o projeto do filme certo. É um desafio para ele, eu sei que ele tem olhado pilhas e pilhas de roteiros.

Eu não vejo ele atuando no papel de um amante ou de um machão. A que isso nos leva? A outro musical. Michael adora musicais. Ele assiste os clássicos como West Side Story e The Sound of Music diversas vezes. Tenho certeza que ele adoraria fazer um musical que se classificasse entre os melhores já feitos.

Enquanto alguns de meus filhos olham para os filmes, outros permanecem focados nas gravações. O objetivo número um de Rebbie, por exemplo, é alcançar o sucesso com sua nova gravadora, a Motown. Ela gravou seu terceiro álbum RU Tuff Enuff pela Columbia em 1988.

Quanto aos Jacksons, eles tem a intenção de continuar a gravar e sair em turnê algum dia. Como Tito diz: "Nós somos todos tão apaixonados hoje como éramos nos primeiros dias. Você tem que ter essa fome."

Ambiciosos como meus filhos permanecem, faz bem ao meu coração saber que eles se preocupam e querem ajudar aqueles que hoje têm os mesmos sonhos que eles tinham vinte e cinco anos atrás.

Randy: ''Eu sempre adorei tocar música, mas antes do meu acidente de automóvel em 1980, eu apenas vivia. Eu não tinha um fim. Eu nasci nesta família de garotos talentosos, então eu nunca tive que lutar como meus irmãos. Meu primeiro show como membro dos Jacksons foi na frente de 18 mil pessoas.''

''Eu acho que eu estava um pouco estragado. Eu sei que eu tendia a levar as coisas como certas. O acidente mudou tudo isso. Eu acho que Deus estava me dando um tapa, me falando para eu me acordar.''

''A partir desse ponto, eu tinha um propósito. Eu quero ser um modelo. Quero ajudar as pessoas, especialmente aqueles que querem se tornar músicos e artistas.''

''Eu sei o quão difícil foi para os meus irmãos quando eles estavam começando, o quão duro eles tinham que trabalhar. Eu sei que minha família queria que alguém chegasse e nos desse uma mão. Eu quero ser a mão chegando aos jovens com um sonho. Esse é o meu sonho.''

Se o sonho de Tito se torna realidade, os irmãos terão um veículo com o qual possam apoiar jovens artistas: a própria gravadora da família Jackson.

Tito: ''Eu não vejo somente os irmãos gravando seu primeiro álbum pela nossa própria gravadora, eu nos vejo ramificando para gravar novos talentos. Eu sinto que temos um jeito para discos de sucesso, a capacidade de produzir discos de sucesso e o jeito para combinar os produtores certos com as músicas certas.''

Ver os meus filhos envolvidos e bem sucedidos em suas carreiras assim como com as carreiras de artistas iniciantes é apenas um dos meus desejos para eles. Meus outros desejos são mais pessoais, entre eles, que continuem a ficar longe das drogas.

Até agora, o ditado "Traga uma criança do jeito que você quer que ela ande e quando ele ficar mais velho, não se desviará do caminho" tem funcionado comigo e com Joe.

As crianças ainda mantém um olho fraternal um sobre o outro. Se ouvir de um dos filhos que um dos irmãos, por exemplo, se associou com alguém que não pode ser uma boa influência, vamos convocar uma reunião de família e falar com esse filho sobre o seu amigo.

Conhecendo a forma como a sociedade é, no entanto, eu percebo que é ainda possível que um dos meus filhos possa se envolver com as drogas. O filho pode até mesmo ser capaz de evitar que a família perceba, no início. Mas eu sei que eventualmente eu iria descobrir.

E eu sei exatamente o que eu faria: largaria tudo, levaria esse filho pela mão e buscaria ajuda para ele. Eu não iria sair do lado desse filho por um minuto até que ele ou ela estivesse curado. Para uma mãe ou pai fazer menos que isso seria como fugir dele ou da sua responsabilidade como um pai. A vida do filho pode estar em jogo.

Outro desejo que eu tenho, como qualquer mãe amorosa tem com seus filhos: que eles continuem a desfrutar, ou encontrar, a felicidade em suas vidas pessoais.

Três dos meus filhos, eu estou feliz em dizer, têm sido abençoados com casamentos bem sucedidos. Em 1990, Rebbie e Nathaniel comemoraram seu vigésimo segundo aniversário; Tito e sua esposa Dee Dee, seu décimo oitavo e Marlon e sua esposa Carol, seu décimo quinto.

Não há dúvida em minha mente que a fé de Rebbie e Nathaniel tem sido a chave para o sucesso do seu casamento. Para as Testemunhas de Jeová a família é muito importante e eles têm devoção em criar os seus filhos na Verdade.

Sou a mãe dela, então eu provavelmente sou suspeita, mas eu realmente acredito que Rebbie é o tipo de garota conservadora que muitos homens gostariam de se casar, mas têm dificuldade em encontrar hoje em dia.

Ela não somente é uma grande mãe mas também uma grande cozinheira. E como já observei, ela aprendeu a lavar, passar e limpar em uma idade jovem. Hoje em dia, a menina já crescida ainda não sabe como cozinhar.

Algumas palavras sobre Nathaniel: Ao longo dos anos, ele trabalhou em uma serraria executando um serviço de limpeza, trabalhou para uma empresa de informática, foi dono de uma escola de condutores e trabalhou como paisagista - tudo em nome de ser um bom provedor de sua família.

O casamento de Tito e Dee Dee, entretanto, tem durado porque, como diz Tito, primeiramente eles são amigos. Além disso, ambos são pessoas fáceis e isso ajuda.

Quanto a Marlon e Carol, eles são muito felizes juntos porque eles trabalharam em seu casamento. Eles se respeitam, se amam e compreendem um ao outro.

No entanto, três dos meus filhos - Jackie, assim como Jermaine e Janet - tiveram casamentos que fracassaram. Eu estava particularmente triste ao ver os casamentos de Jackie e Jermaine chegarem ao fim porque havia crianças envolvidas.

Além disso, cada um tinha sido casado por muito tempo - 11 e 14 anos, respectivamente - e eu aprendi a amar suas esposas, Enid e Hazel, como minhas filhas. Elas descobriram logo depois de se casarem que eu não era uma sogra intrometida. Daí passaram a me tratar como sua mãe.

(Na verdade, as mulheres vêm a mim tão freqüentemente quanto os meninos, quando há um problema no casamento. Era fácil para mim voltar para os meninos e falar com eles, afinal de contas, eles são meus filhos. Quando os meninos queriam que eu falasse com suas esposas - embora eu tenha que admitir que era mais difícil para mim - o meu método era o mesmo, não importando com quem eu estava falando. O que eu fazia era levar a pessoa à Bíblia para lhe mostrar a ela o que eu sentia que ele ou ela poderia estar fazendo de errado.)

Eu sou grata por Jermaine e Janet estarem em relacionamentos estáveis ​​e olhando para a frente com seus novos casamentos. Estou especialmente ansiosa por Jackie se casar novamente.

Enquanto a maioria dos meus filhos são cuidadosos sobre os tipos de alimentos que ingerimos, Jackie é um amante de junk-food. Eu vou me preocupar menos com a sua dieta quando ele tiver uma mulher para lhe preparar algumas refeições equilibradas.

Depois, há Randy e Michael, que nunca foram casados.

"Por que você não se acalma e se casa, tem uma família?" Eu estou sempre dizendo para Randy, que teve muitas namoradas. "Então eu não me preocuparia muito."

Mas Randy ainda não quer me ouvir. "Eu não estou pronto para se casar ainda", ele responde.

Quanto a Michael, eu queria que ele tivesse alguém especial para compartilhar sua vida agora, sua vida seria mais rica. Eu acho que, no fundo, ele gostaria também.

Eu acho que a razão pela qual ele teve tão poucas relações nos últimos anos é que ele tem sido abordado tantas vezes por mulheres que ficam tão obviamente olhando para esse pote de ouro no final do arco-íris, que ele cresceu cauteloso. Michael escreveu sobre este tipo de mulher - eu as chamo de ''candidatas'' - em sua canção Dirty Diana.

Quando Michael era mais jovem, ele brincava que "quando o bichinho do amor me morder, é quando eu vou me casar." Em 1989, ele me disse: "A mulher com quem eu me casar terá que ser rica. Essa é a única maneira de ter a certeza que ela não vai se casar comigo por causa do meu dinheiro."

Rebbie: ''Mesmo que Michael encontrasse a mulher ''perfeita'' amanhã, eu acho que ele estaria relutante em submetê-la ao incrível escrutínio ao qual ele está sujeito todos os dias. Meu irmão é a coisa mais importante na vida agora.''

''Lembrei-me desse fato por duas vezes em 1989. A primeira vez foi em um hospital na cidade de Panorama, onde a mãe de minha mãe estava internada em fevereiro, depois que ela ficou gravemente doente.''

''Michael juntou-se ao resto da família ao seu lado, e tão logo a notícia se espalhou de que ele estava no prédio, a sala se transformou na grande Estação Central. Enfermeiros, técnicos, médicos - até mesmo o homem lá embaixo da segurança - vieram para olhar para o rosto de Michael e pedir seu autógrafo.''

''Michael também fez manchetes no viveiro que meu marido, um paisagista nas horas vagas, mantinha como negócio. Por dois dias todo mundo só falava sobre o fato de que Michael Jackson havia encomendado três mil metros quadrados de grama para o seu rancho.''

''Mesmo que a esposa de Michael conseguisse se adaptar à vida em um aquário, ela também teria que lidar com a realidade de Michael comparecendo às reuniões e os membros de sua comitiva constantemente o puxando. Algumas dessas pessoas, sem dúvida, iriam vê-la como nada mais do que uma concorrente pelo tempo de Michael.''

E, no entanto, Michael parece feliz. Mesmo que ele saiba que nunca será capaz de viver uma vida "normal", ele parece confortável com sua fama. Eu acredito que quando ele estiver bem e pronto para se casar, ele vai fazê-lo, apesar do alvoroço inevitável da imprensa.

Enquanto eu acredito firmemente que um bom casamento promove a felicidade, o caminho mais seguro para a paz interior e satisfação, creio eu, é através da religião. É por isso que eu também gostaria que meus filhos se aproximassem de Jeová.

Eu não estou preocupada com Rebbie. Como ela diz: "A coisa mais importante na minha vida é a minha relação com o Criador, Deus Jeová."

Ela prova isso ao participar de todas as reuniões no Salão do Reino e fazendo seu serviço de campo semanal.

Dee Dee, a esposa de Tito, também tem mostrado um forte interesse em estudar. Ela traz os três filhos para a casa em uma base regular para ler a Bíblia comigo.

Mas Randy e Janet participam no Salão do Reino apenas ocasionalmente e Jermaine, Jackie, Tito e LaToya definitivamente não, mesmo que LaToya tenha sido batizada como Testemunha há vários anos. Marlon e Carol freqüentam uma igreja católica.

Depois, há a situação única de Michael: Em 1987, ele abandonou as Testemunhas de Jeová. Michael não me informou pessoalmente de sua decisão. Quando eu soube disso, fiquei arrasada. Ele começou desaparecendo das reuniões no Salão do Reino no início do ano, mas apenas porque, ele me assegurou, ele estava tão ocupado se preparando para sua turnê mundial.

Houve uma forte oposição ao seu vídeo Thriller por parte de algumas testemunhas, apesar de Michael ter tido um ancião para aconselhá-lo no set durante as filmagens, e apesar dele ter posto um aviso no início do vídeo destacando que ele de modo nenhum endossava sua crença no ocultismo. Talvez a controvérsia figurou em sua decisão de sair.

Mas eu não sei qual foi o fato, porque eu não falei com ele sobre o que ele tinha feito. Eu não podia discutir assuntos espirituais das Testemunhas com uma pessoa que havia se desligado delas, incluindo membros da família.

Mas quero salientar que, ao contrário do que foi publicado, eu não fui obrigada a ''retirar'' o meu filho. Nosso relacionamento é amoroso hoje tanto quanto era quando ele era uma Testemunha. Eu apenas não posso perguntar-lhe: "Por quê, Michael?"

Mais dois desejos:

Desejo os Jacksons reunidos. Eu gostaria que Michael e Marlon considerassem reunir o grupo, mesmo que apenas em regime de tempo parcial. Em nomes dos bons tempos. Em meu nome.

E eu sonho com uma família Jackson reunificada. Por mais que LaToya tenha ferido a família posando nua para a Playboy e preparando um livro "contando tudo" sobre os Jacksons, eu espero pela sua reconciliação conosco. A família Jackson não é inteira sem ela.

Embora muitos de seus irmãos e irmãs permanecessem em contato com ela, LaToya e eu não nos falamos desde o final de 1988 até a primavera de 1989. Foi o período mais longo de tempo, de longe, que eu já tinha estado fora de contato com um dos meus filhos.

A primeira vez que ela me ligou em 1989, fiz questão de não trazer à tona a Playboy ou o seu livro. Depois de tanto tempo de silêncio entre nós, eu não queria confrontá-la imediatamente. Mas da próxima vez que ela me ligou em maio, trouxe à tona o assunto da sua nudez.

"LaToya, de quem foi a ideia de você posar nua para a Playboy?", eu perguntei.

"Foi minha, mãe", declarou ela.

"Vamos, LaToya", eu disse. "Eu conheço você. Eu conheço a sua personalidade. Você só esteve em torno de mim toda a sua vida. E foi completamente fora do seu caráter posar para a Playboy. Por que você fez isso?"

Silêncio.

"Toya, por que você fez isso?"

Seu silêncio que permanecia me deu a resposta que eu realmente já sabia: foi o seu empresário Jack Gordon quem o fez. Imaginei que teríamos a conversa idêntica se eu perguntasse a ela sobre seu livro, então eu me abstive.

"Toya, a partir de agora", eu disse, "não deixe ninguém convencê-la a fazer algo que você realmente não queira fazer. Defenda o que você acredita e seja forte sobre isso."

Antes de desligar, eu disse à minha filha mais uma vez que ela era bem-vinda para voltar para casa.

Em setembro de 1989, foi relatado na mídia que LaToya e Jack Gordon tinham se casado. Enquanto LaToya negasse publicamente a notícia, eu acreditei. Mas eu sei que no fundo, LaToya não se casou por amar Gordon.

Na verdade, eu ouvi que pessoas próximas a Gordon haviam aconselhado LaToya a se casar com ele para que ele estivesse em uma posição melhor para "protegê-la" de sua família. Protegê-la de quê? Eu pergunto. Do nosso amor? Da nossa preocupação?''

VOLTAR PARA