terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

LIVRO MICHAEL JACKSON IN SEARCH OF NEVERLAND: A CASA DE SEUS SONHOS (PARTE 1)

Como eu mencionei, Michael era muito definido sobre o que ele queria.

Ele lembrava filmando um vídeo com Paul McCartney em um rancho que tinha uma maravilhosa casa principal estilo Tudor inglês. O processo de filmagem não foi bem e eles, na realidade, tiveram que sair da propriedade uma vez que a equipe de Paul McCartney não tinha obtido a própria permissão com antecedência. Mas Michael lembrava este maravilhoso lugar e queria algo assim.

Meu primeiro passo foi pesquisar todos os ranchos nacionais e eu encontrei que havia apenas três que satisfaziam os parâmetros dele - um deles era no condado de Santa Bárbara, situado no Santa Ynez Valley.

Uma vez que eu descobri esta localidade, eu ainda não consegui descobrir como realmente chegar ao rancho. Isso foi nos dias antes do GPS e muitas das estradas não tinham sinalização. Eu telefonei a um corretor de imóveis local, T. Hayer, em Santa Bárbara, quem eu descobri mais tarde, era, por coincidência, funcionário do proprietário do rancho, Bill Bone.

Um colega corretor, Paul, atendeu o telefone e disse, "Eu estive apenas ontem neste rancho na caravana de nossos corretores. Nós somente o inspecionamos, mas ele não foi listado. Quaisquer potenciais compradores têm que ser registrados e aprovados pelo proprietário."

Com estes requisitos, eu pensei que seria melhor se eu inspecionasse o rancho antes de mencioná-lo a Michael. Paul concordou e se ofereceu para me guiar até o rancho e eu o segui de Santa Bárbara para Santa Inez Valley. Nós chegamos no portão principal, que era desmarcado, e nós ainda tivemos três milhas para nos dirigirmos antes de alcançarmos a casa principal. O rancho, conhecido como Sycamore Valley Ranch, foi criado em uma paisagem de suaves colinas com milhares de árvores de carvalho na propriedade, bem como uma profusão de plátanos.

Quando nós chegamos ao local de origem de 32 acres e a casa principal, eu estava emocionada com o que eu vi. A casa era fantástica. Ela parecia como um castelo para mim. Era de um desenho de estilo Tudor inglês: dois andares e 1.200 m2! Nos quartos da casa principal, não havia dois tetos iguais, e não havia dois andares semelhantes. Cada quarto era um primoroso trabalho de arte, completamente diferente do próximo quarto, e o próximo. Foi especialmente desenhado daquela forma por Bill Bone e sua esposa, através de seus decoradores e arquitetos. Em essência, este era um lugar que Bone tinha construído para sua mulher e seus filhos. Ele criou um paraíso muito especial para sua família.

Um outro detalhe que eu devo mencionar: Michael Jackson tinha estipulado que seu lugar ideal deveria ter veado e não foi apenas preparado para dar nisso. Sycamore Valley Ranch se uniu a Floresta Nacional de Los Padres, casa de muitos cervos, e eles desciam para se alimentar de gerânios ao redor da propriedade. De fato, os gerânios foram plantados ali, na realidade, para atrair os veados, que aparentemente encontram as flores irresistíveis. (Como mais tarde eu vim a experienciar, foi muito mágico vê-los pulando na luz ao amanhecer, ou ao pôr-do-sol, quando descia da floresta para comer.)

(Nota do blog: a Floresta Nacional de Los Padres é uma floresta localizada no sul e centro da Califórnia, que inclui a maior parte de terra montanhosa ao longo da Costa da Califórnia, de Ventura a Monterey. Altitudes variam desde o nível do mar até 8.847 pés - 2.697 m).

Isto fez parecer-me que este era o lugar que significava para Michael Jackson chamar de lar.

O proprietário do rancho, Bill Bone, era o desenvolvedor do PGA West Resort, em Palm Springs. Ele e sua esposa tinham se conhecido na Universidade de Stanford, e enquanto eles ainda estavam na escola, Bill fez um desenho da mansão - a casa de seus sonhos - para ser de sua esposa, e prometeu que a construiria para ela quando ele se tornasse um construtor. E ele construiu.

Ele levou cinco anos, trabalhando três dias completos por semana, para terminar de personalizar o interior. Bill foi chamado o construtor da década na Califórnia em 1988 e ele tem recebido as mais altas honras por suas realizações, que inclui o desenvolvimento de um número de comunidades residenciais e resorts de golf.

Desafortunadamente, neste ponto no tempo, Bill e sua esposa estavam agora obtendo o divórcio e a venda da casa era parte do acordo. Bill estava de coração partido sobre isto, e por vezes chorou abertamente, com lágrimas escorrendo pelo rosto. Mas Bill sabia que ia ter que vender sua casa e sentiu-se muito ambivalente sobre isso.

Para que alguém até mesmo visse o rancho, Bill teve rigorosos requisitos de qualificação. Ele queria verificar que o potencial comprador poderia pagar o imóvel e pediu duas declarações de imposto de renda para verificar renda. Eu sabia que esta deveria ser uma transação complicada para qualquer comprador, mas não tinha ideia de quanto tempo isto deveria levar para finalizar o negócio, uma vez que estes tipos de grandes transações tem muitos obstáculos que devem ser superados.

O primeiro passo era ter a visita de Michael ao rancho e ver se este lugar era o lugar que ele recordava. 

Quando eu contei a Michael que eu tinha encontrado um rancho com, pelo menos, 2.700 acres, que pertencia ao então homem mais rico do estado da Califórnia, seus olhos se arregalaram e ele não podia esperar para vê-lo.

Eu estava no processo de finalização de arranjos, mas eu tinha muitos obstáculos para superar, devido a exigências rigorosas do proprietário. Uma divulgação completa em um formulário de registro de cliente teria que ser assinado, juntamente com cópias de declaração de imposto de renda, provando que este comprador estava qualificado para comprar este rancho.

Bill Bone muito seriamente perguntou, "Quem é este misterioso homem que quer permanecer anônimo enquanto inspeciona meu rancho de trinta e cinco milhões de dólares?" Ele se recusou a abrir o rancho até que ele estava certo de que sua propriedade (que continha mais de três milhões e meio de dólares de mobiliário e obras de arte) estaria segura. Desde que a garantia seria difícil na presença do seu estranho mascarado, que se recusou a registrar seu nome.

Como de costume, eu estava no meio, fazendo meu melhor para apresentar Michael Jackson a Bill Bone, que finalmente concordou em abrir o rancho depois que Michael autorizou-me a registrar sua visita pessoal. Ainda, eu tinha que preparar Bill Bone sobre como poderíamos trabalhar juntos para concluir isto com sucesso.

VOLTAR PARA

2 comentários:

  1. Que lindo o rancho ter sido propositadamente cercado pelos gerânios para atrair os cervos.. que lugar paradisiaco! Bill Bone era muito inspirado também.

    ResponderExcluir
  2. O paraíso Neverland. Só Michael poderia oferencer.

    ResponderExcluir